quarta-feira, 28 de dezembro de 2011

Parabéns Fernandão!!!

Parabéns meu pai, pelos seus 68 anos de vida!! Que agente possa ainda curtir a sua presença por muitos e muitos anos. Te desejo muita saúde, felicidades, paz e muitas alegrias!! Ao meu maior ídolo e exemplo de vida um Graaaannnde Abraço.

quinta-feira, 22 de dezembro de 2011

quarta-feira, 14 de dezembro de 2011

Paulo Afonso ≠ Glória


Na última semana um fato o politico curioso chamou atenção dos moradores das cidades de Glória e Paulo Afonso, em ambas as cidades o Poder Executivo enviou Projeto de Lei solicitando abertura de crédito orçamentário para cumprir as obrigações e compromissos dos seus respectivos governos, no entanto enquanto em Glória o referido PL foi aprovado por unanimidade, em Paulo Afonso a bancada de oposição garantiu que o projeto não fosse aprovado pelo placar de 5 votos contra 4 da bancada governista.

A explicação é simples, em Glória os Vereadores da oposição têm o sentimento e a consciência de que o bem estar do seu povo depende da condição de Governabilidade do Poder Executivo. O PL 13/2011 que solicitava ao Legislativo a autorização de abertura de crédito adicional no valor de R$ 602.381,00 foi analisado durante duas semanas pelos Vereadores individualmente e, coletivamente em duas reuniões além de ter sido juridicamente respaldado pela procuradoria da casa. A oposição, consciente do seu dever de zelar pelo bem estar da população Gloriense, votou a favor do Projeto por entender que, se o Governo realmente destinar os recursos solicitados ao que está previsto no referido projeto, o maior beneficiado, com toda certeza é a população; além do mais, disputas politicas jamais devem estar acima dos interesses da população e o momento atual não é o ideal para promover picuinhas ou debates políticos que não trarão beneficio algum ao povo Gloriense.

Infelizmente, em Paulo Afonso a coisa parece que não tem acontecido do mesmo jeito, as desavenças pessoais entre alguns Vereadores e o intuito da oposição de obstruir a Governabilidade do Prefeito Anilton Bastos fizeram com que a votação do PL 064/2011, que se aprovado, autorizava o Poder Executivo proceder ao Orçamento Fiscal e da Seguridade Social do município, para o exercício financeiro de 2011, abertura de crédito adicional especial no valor de R$ 2.185.000,00 (Dois Milhões e Cento e Oitenta e Cinco Mil Reais), se tornasse uma disputa meramente politica deixando os interesses e as necessidades da população em segundo plano. As palavras ditas pelo Presidente da CMPA, Regivaldo Coriolano, a um site local traduzem fielmente o que aconteceu na Sessão Extraordinária que definiu a não aprovação do PL 064/2011: “foi um resultado já previsto, foi mais uma votação política”.

Pesquisa vai apontar desempenho de Vereadores

O instituto Tiradentes, com sede em Viçosa-MG e que possui destacada atuação na área de cursos de capacitação para gestores públicos, tendo feito eventos, desde 2003, em todas as regiões brasileiras, estará realizando pesquisa de opinião popular para a avaliação do desempenho dos Vereadores das Cidades do Estado da Bahia via internet - Por meio de um processo seguro e indevassável, permitindo apenas um voto por computador – em nossa pagina eletrônica http://institutotiradentes.com.br/, entre os dias 05 de Dezembro a 05 de Janeiro de 2012.

Os mais citados serão condecorados com a Medalha Imperador Dom Pedro II em uma solenidade de premiação, precedida de um simpósio na Cidade de Salvador-BA, entre os dias 10 e 11 de Fevereiro de 2012.

Atenciosamente,
Ângelo Chequer
Diretor do Instituto Tiradentes

segunda-feira, 12 de dezembro de 2011

Auditoria do desvio de recursos da prefeitura de Glória/BA

Na quarta-feira (07/12) a comissão de auditoria terminou as apurações do suposto desfalque causado a prefeitura do município de Glória pela servidora Geane, mas até o momento não foi apresentado o resultado a imprensa. Há informações que o Ministério Público já teria recebido o resultado da auditória para que tomasse todas as providências necessárias que o caso necessita.

Entenda o caso

Acusada de desvio de recursos da prefeitura do município de Glória na Bahia, a servidora Geane foi afastada da função de assessora especial pela prefeita Ena Vilma Negromonte, com o objetivo de que toda e qualquer suspeita fosse investigada. A época, quando aconteceram as primeiras denuncias na imprensa, foi criada uma comissão de auditoria, com representantes da Controladoria Geral do Município e da Secretaria Municipal de Finanças.Com informações do Notícias do Sertao.

Título original da matéria: Exclusivo: Chega ao fim a auditoria do desvio de recursos em Glória/BA

quinta-feira, 8 de dezembro de 2011

08 de dezembro: Nossa Senhora da Imaculada Conceição

Mais do que memória ou festa de um dos santos de Deus, neste dia estamos solenemente comemorando a Imaculada Conceição de Nossa Senhora, a Rainha de todos os santos.

Esta verdade, reconhecida pela Igreja de Cristo, é muito antiga. Muitos padres e doutores da Igreja oriental, ao exaltarem a grandeza de Maria, Mãe de Deus, usavam expressões como: cheia de graça, lírio da inocência, mais pura que os anjos.

A Igreja ocidental, que sempre muito amou a Santíssima Virgem, tinha uma certa dificuldade para a aceitação do mistério da Imaculada Conceição. Em 1304, o Papa Bento XI reuniu na Universidade de Paris uma assembleia dos doutores mais eminentes em Teologia, para terminar as questões de escola sobre a Imaculada Conceição da Virgem. Foi o franciscano João Duns Escoto quem solucionou a dificuldade ao mostrar que era sumamente conveniente que Deus preservasse Maria do pecado original, pois a Santíssima Virgem era destinada a ser mãe do seu Filho. Isso é possível para a Onipotência de Deus, portanto, o Senhor, de fato, a preservou, antecipando-lhe os frutos da redenção de Cristo.

Rapidamente a doutrina da Imaculada Conceição de Maria, no seio de sua mãe Sant'Ana, foi introduzido no calendário romano. A própria Virgem Maria apareceu em 1830 a Santa Catarina Labouré pedindo que se cunhasse uma medalha com a oração: "Ó Mariaconcebida sem pecado, rogai por nós que recorremos a vós".

No dia 8 de dezembro de 1854, através da bula Ineffabilis Deus do Papa Pio IX, a Igreja oficialmente reconheceu e declarou solenemente como dogma: "Maria isenta do pecado original".

A própria Virgem Maria, na sua aparição em Lourdes, em 1858, confirmou a definição dogmática e a fé do povo dizendo para Santa Bernadette e para todos nós: "Eu Sou a Imaculada Conceição".

Nossa Senhora da Imaculada Conceição, rogai por nós!

domingo, 4 de dezembro de 2011

Internauta reclama das constantes quedas de energia em Glória

E-mail enviado por um internauta para o site: chicosabetudo.com em 3 de dezembro de 2011.


Olá Chico, venho aqui através de seu site fazer uma reclamação sobre as constantes quedas de energia que ocorrem na cidade de Nova Glória. As quedas de energia têm sido frequentes, tanto na cidade como nas comunidades rurais.

Os moradores reclamam que estão sofrendo com esse problema, porque temem que essas quedas, queimem equipamentos eletrônicos e eletrodomésticos e caso isso aconteça a COELBA é a primeira a não se responsabilizar pelos danos...

Pelo menos uma vez por dia, o fornecimento de energia é interrompido, e isso ocorre diariamente, causando transtornos à população. Pedimos encarecidamente que as autoridades responsáveis pelo fornecimento tomem providências o mais rápido possível.
Ligamos para a central da Coelba e às vezes nem somos atendidos. Por isso estou fazendo essa reclamação através do seu site que é o único meio de comunicação que atende aos nossos apelos. A energia fica dando pico, às vezes falta, às vezes chega, e estamos preocupados, já pensou na burocracia, se danificar algum aparelho? Fica aqui o meu apelo!!
Obrigado.

Comentário:

Através do vinculo funcional com a CHESF, o Vereador Alex Almeida fez contatos com a empresa e certificou-se que as constantes interrupções de energia no município de Glória não são de responsabilidade da CHESF. Entrando em contato com o escritório central da COELBA em Juazeiro, o Vereador explicou a situação e teve como resposta o compromisso de verificar as causas do problema, no entanto a COELBA fez questão de frisar que não existe nenhuma reclamação, dos usuários dos serviços da COELBA, protocolada junto à empresa que respalde a reclamação feita pelo parlamentar.

Portanto, é necessário que todos os moradores de Glória que se sintam lesados pela interrupção de energia elétrica constantemente ocorrida na cidade façam reclamações à COELBA através do nº 0800710800.

quinta-feira, 1 de dezembro de 2011

Assembleia Geral da Rede Municipal de Glória


A APLB - Sindicato convoca todas e todos os Profissionais da Educação de Glória, para a Assembleia Geral.Pauta: Saldo do FUNDEB

Data: 03 de dezembro.

Local: APLB/ Rua: Santos Dumont, 382.

Horário: 09h

1º de Dezembro - Dia Mundial de Luta contra a AIDS

sexta-feira, 25 de novembro de 2011

Sete cidades baianas conseguem manter Comarcas. Glória fica de fora

Em outubro, TJ-BA divulgou que 50 juridições deixariam de existir.
Medida, segundo o Tribunal, é para reduzir custos.

O Tribunal de Justiça da Bahia divulgou nesta quarta-feira (23) que o órgão desistiu de desativar algumas das 50 comarcas no interior do estado que deixariam de funcionar. A decisão foi tomada nesta quarta e sete municípios permanecem com as juridições no estado.

Os prefeitos das cidades atingidas pela medida entraram com uma ação para impedir o fechamento, com a justificativa que 70 mil pessoas ficariam prejudicadas. Os municípios de Gentil de Ouro, Maraú, Palmeiras, Santa Luzia, Tremendal e Capela do Alto Alegre, continuam a ter comarcas do TJ-BA.

Em outubro, o Tribunal explicou que o objetivo da decisão de desativar algumas juridições do interior é reduzir custos, e que as comarcas desativadas serão incorporadas a outras de acesso mais fácil. O TJ-BA informou ainda que vai manter contato com juízes, servidores e representantes das regiões afetadas pela decisão para definir a melhor forma de cumprir a decisão.

As comarcas desativadas são as seguintes: América Dourada, Barro Preto, Botuporã, Gavião, Ibititá, Ichu, Iramaia, Jussara, Macururé, Malhada, Morpará, Pindaí, Quixabeira, Rio do Antonio, São Domingos, São José do Jacuípe, Serrolândia, Souto Soares, Uibaí, Varzea do Poço, Acajutiba, Baianópolis, Caldeirão Grande, Canudos, Glória, Ibiquera, Itaeté, Itagimirim, Itaquara, Jitaúna, Marcionílio Souza, Nilo Peçanha, Rodelas, Sátiro Dias, Teodoro Sampaio, Boa Vista do Tupim, Ibitiara, Itagi, Itamari, Licínio de Almeida, Nordestina, Pé de Serra, Planalto e Potiraguá.

Fonte: Revista Quartto Poder

terça-feira, 22 de novembro de 2011

Projeto que beneficia idosos que foi vetado em Glória é aprovado em Paulo Afonso.

Foi aprovado na ordem do dia 18/11/2011 na Sessão Ordinária da Câmara Municipal de Paulo Afonso, o PL nº34/2011, que fixa prazo para a realização de consultas médicas e exames de saúde pela rede pública, para pacientes com idade igual ou superior a sessenta e cinco anos, para quem não se lembra, em Glória, um projeto semelhante de autoria do Vereador Alex Almeida foi apresentado em Maio de 2009 e, a princípio, foi aprovado por unanimidade pelos Edis daquela casa, no entanto após ser vetado pela Prefeita, apenas os Vereadores Alex Almeida, Valério José e José Nilson votaram a favor do referido Projeto de Lei, já os demais Vereadores, aliados da Prefeita Vilma Negromonte, voltaram atrás votando contra o projeto de lei que beneficiaria os idosos.

O Vereador Alex, no uso da Tribuna da Câmara na Sessão do dia 22, fez questão de frisar que infelizmente, mais uma vez o município de Glória segue na contramão da história, da mesma forma que foi vetado o Projeto de Lei que beneficiaria os idosos em 2009, um outro Projeto de lei de suma importância também foi vetado em 2011, enquanto os Governos Federal e Estadual e vários municípios ampliaram a licença maternidade das funcionárias públicas de quatro para seis meses, em Glória o mesmo projeto foi vetado permanecendo apenas os quatro meses de licença, além disso na semana passada o executivo negou apoio às mulheres do município na participação da Conferência Estadual das Mulheres.

A aprovação do Projeto de Lei que beneficia os idosos na medida que prioriza o atendimento dos mesmos nos serviços de saúde em Paulo Afonso, traz a tona mais um exemplo de atraso quando prejudicou os idosos Glorienses que tiveram esse direito negado pela Prefeita do município e seus aliados, ferindo, inclusive, o estatuto do idoso.

"É preciso que o Governo Municipal dê a devida atenção e trate os idosos e as mulheres do município com responsabilidade dando toda importância que essas pessoas merecem" Falou o Vereador Alex.

domingo, 20 de novembro de 2011

Glória(BA) - Vereadores da base governista estão insatisfeitos com o governo da Prefeita Vilma Negromonte

Crédito: Arquivo PAN
Prefeitura Municipal de Glória-BA
Prefeitura Municipal de Glória-BA

Na última Sessão Ordinária da Câmara Municipal de Glória, na quarta - feira, 16/11, o público presente na casa se surpreendeu com os discursos dos vereadores da base governista. Pelo visto, assim como grande parte da população, nem mesmo os vereadores, que estão do lado da Prefeita Ena Vilma, tem mais paciência com seu governo.

O show de críticas a Prefeita Vilma Negromonte, começou com o discurso do vereador do PSD José Augusto da Silva (Zé de Sidú), ao comentar que durante seus sete anos de Legislatura nunca viu nada que melhorasse a vida da população e foi além, disse em alto e bom tom que os vereadores da base governista estão mentindo ao dizer que as coisas estão indo bem no município, ainda segundo o vereador, o que seus colegas da base estão fazendo é enganando a população com a falsa impressão de que o município está crescendo e se desenvolvendo.

Após a fala de Zé de Sidú, o vereador Valério José (PT) lamentou o fato da prefeita não ter apoiado a iniciativa de um grupo de mulheres de Glória representar o município na Conferência Estadual da Mulher que aconteceu em Salvador nos dias 12, 13 e 14/11, que discutiu Políticas Públicas para as mulheres no Estado da Bahia. Valério falou também sobre o abandono que o esporte no município vem sofrendo no atual governo, além disso, o vereador criticou a prefeita Vilma, por até o momento, não ter dado qualquer resposta sobre as investigações que estão sendo feitas pela sindicância interna formada na própria prefeitura, que apura denuncias de desvio de recursos por parte de funcionários e sugeriu abertura de uma CPI para dar mais credibilidade às investigações, nesse ínterim, o vereador Alex Almeida (PDT), corroborou com as palavras de Valério, e de imediato, declarou apoio à abertura da CPI.

Quando se esperava que o Líder do Governo na câmara fosse defender a Prefeita Vilma, o que se viu foi algo totalmente contrário, no seu discurso o vereador Paulo Gomes (PT) concordou com as palavras do seu colega Zé de Sidú e ainda reforçou dizendo que a ingerência e a desorganização na administração de Ena Vilma Negromonte está prejudicando o Governo, salientando que acredita que não seja do conhecimento da prefeita esses dois defeitos característicos do seu governo.

E, pra finalizar o acesso de revolta da base governista da Prefeita Vilma Negromonte, o vereador Nildo José (PT), fez coro com os demais vereadores dizendo ser imprescindível que as investigações encontrem os culpados pelos desvios do erário público, punindo de forma exemplar aqueles que “roubaram” o dinheiro do povo, e que, conforme falou o vereador, o adjetivo usado pra quem se locupleta com o dinheiro do povo nada mais é do que ladrão.

Outra coisa que chamou atenção de quem assistiu a última Sessão da Câmara de Glória, foi que nenhum vereador da bancada da oposição usou a tribuna, nem mesmo o vereador Alex Almeida que assiduamente discursa na Câmara.Perguntado sobre o motivo de não ter usado a tribuna o vereador Alex foi irônico dizendo: “Depois do que os vereadores aliados da prefeita falaram, ainda precisa eu falar alguma coisa?”, respondeu sorridente o vereador.

Fonte: www.pauloafonsonoticias.com.br

sábado, 19 de novembro de 2011

Deu bode na festa. Ministro das Cidades usa o cargo para promover os interesses de sua família. CADÊ O DECORO?

O ministro das Cidades usa o cargo e arranca patrocínio estatal para evento no interior da Bahia que promoveu os interesses políticos de sua família. Negromonte telefonou para a Chesf para pedir apoio ao evento promovido pelo correligionário Delmiro do Bode. A estatal liberou, pela primeira vez, dinheiro para a Festa do Bode.


Crédito: Andre Dusek/AE e reprodução
No detalhe, o nome de Negromonte e de seu filho nos cartazes de divulgação da festa
No detalhe, o nome de Negromonte e de seu filho nos cartazes de divulgação da festa


ISABEL CLEMENTE

As festas do bode fazem parte da tradição do interior nordestino. Em muitas cidades, as comemorações misturam exposições dos caprinos com muita comida, música e concursos entre vaqueiros a pé laçando os animais soltos no mato. A realização de uma dessas festas na semana passada em Paulo Afonso, município no norte da Bahia, mereceu a atenção de um ilustre representante da região, o ministro das Cidades, Mário Negromonte. Os cartazes da 11a Festa do Bode espalhados pelas ruas destacaram o nome e o cargo de Negromonte e do filho, o deputado estadual Mário Filho, ao lado dos logotipos de sete órgãos públicos apresentados como patrocinadores.

A exibição do nome dos dois políticos no cartaz de divulgação de uma festa paga, pelo menos em parte, com verbas oficiais materializa uma situação delicada para um ministro ou um deputado. A legislação brasileira proíbe a promoção pessoal no exercício de cargos públicos (leia o quadro na página 66). Veda também qualquer ato que possa ser caracterizado como campanha eleitoral antecipada. Para entender o exato envolvimento do ministro das Cidades com o bode de Paulo Afonso, é importante reconstituir os antecedentes da festança. O assunto foi tratado publicamente por Negromonte na manhã do dia 22 de outubro, durante a inauguração de uma estação de piscicultura em Paulo Afonso, obra realizada com verbas do Ministério da Pesca e do governo da Bahia. Acompanhado por Mário Filho, pela mulher, Ena Vilma, prefeita de Glória, município a 10 quilômetros de Paulo Afonso, e por vários outros aliados, Negromonte soube na ocasião que seu correligionário Delmiro do Bode, ex-vereador do PP, tinha dificuldades para obter patrocínio para a festa.

Delmiro é cabo eleitoral de Negromonte e responsável pela Coomab, cooperativa que fez a festa. Nos dias anteriores à inauguração da estação de piscicultura, tentava sem sucesso arrancar verbas de órgãos como a BR Distribuidora, o Banco do Nordeste e a Companhia Hidro Elétrica do São Francisco (Chesf), uma estatal do grupo Eletrobras. Na frente de várias pessoas, Negromonte deu um telefonema para a Chesf e falou com um interlocutor sobre os problemas da festa. À noite, o ministro e Delmiro do Bode estiveram juntos num encontro do PSL em Paulo Afonso. Ele estava acompanhado, mais uma vez, de Mário Filho. Poucos dias depois, a Chesf autorizou a liberação de R$ 70 mil para o evento de Delmiro do Bode.

A boa vontade com a festa de Paulo Afonso é uma novidade na Chesf. A estatal nunca colocara dinheiro na produção anual de Delmiro. A empresa tem critérios para patrocínios predefinidos e registrados no portal oficial. As regras internas impedem contribuições financeiras para “eventos que possam caracterizar promoção pessoal de autoridades”. As marcas da BR Distribuidora e do Banco do Nordeste estão no cartaz indevidamente, segundo as assessorias das duas empresas. No caso da distribuidora da Petrobras, o projeto de Delmiro do Bode “não se enquadrava na política de patrocínios”.

O Banco do Nordeste também informou que o pedido não cumpria as formalidades exigidas pela instituição. Os outros órgãos citados no cartaz são ligados à Secretaria de Agricultura da Bahia. Disseram a ÉPOCA que entraram com apoio técnico, palestrantes e inspeção dos animais. A homenagem a Negromonte nos cartazes, segundo Delmiro, é uma retribuição a favores prestados pelo ministro. “Ele sempre ajuda com alguma coisinha, mas neste ano nem vi o ministro”, diz Delmiro. Não é a primeira vez que Delmiro do Bode põe o nome de Negromonte nos cartazes de suas festas. Ele fez a mesma coisa em 2009, quando Negromonte se preparava para disputar mais um mandato de deputado federal. Não foi repreendido.

ÉPOCA procurou especialistas para ouvir opiniões sobre a exibição do nome de ministros e deputados na propaganda da festa. “Por si só, o cartaz com o nome de uma autoridade associada a alguma realização fere o princípio constitucional da impessoalidade, segundo o qual nenhuma obra ou realização é fruto do esforço de uma pessoa, mas de um governo, uma prefeitura”, diz a procuradora da República Janice Ascari, de São Paulo. Ultrapassar a fronteira da “impessoalidade”, segundo a procuradora, é um ato de improbidade administrativa, um ilícito sujeito a várias sanções, inclusive perda do cargo. A lei que trata do assunto obriga as autoridades “a velar pela estrita observância dos princípios de legalidade, impessoalidade, moralidade e publicidade no trato dos assuntos que lhe são afetos”. O procurador da República Rogério Nascimento, que já atuou pelo Ministério Público Eleitoral, também tem preocupações relacionadas à exposição de nome de políticos em cartazes. “Se adversários se sentirem prejudicados e a situação configurar abuso de poder econômico e político, independentemente de haver improbidade, pode ser um caso de propaganda antecipada para o qual a lei prevê multas”, diz Nascimento.

A promoção da imagem de Negromonte em eventos públicos faz parte da estratégia de controle político da região pela família do ministro. Eleito deputado federal pela quinta vez em 2010, Negromonte demonstra interesse em manter sua influência na área para as próximas disputas eleitorais. Além da mulher, Ena Vilma, prefeita de Glória, Negromonte trabalha com afinco para eleger o filho prefeito de Paulo Afonso, maior cidade da região. Isso explica a constante presença de Mário Filho nas aparições públicas dos pais, muitas vezes associadas a verbas federais.

Com mais de 100 mil habitantes, Paulo Afonso é o domicílio eleitoral de Negromonte e o objeto de seu desejo político. A cidade tem hoje como prefeito Anilton Bastos Pereira (PDT), adversário do ministro. Para divulgar o nome do filho, Negromonte se desloca nos fins de semana para Paulo Afonso, onde faz reuniões políticas e negocia candidaturas para as eleições municipais do ano que vem. Mário Filho circula pela Bahia, a tiracolo do pai, em cerimônias de inauguração de obras e equipamentos comprados com recursos federais. Cercados de aliados, os dois chegam às cidades com estardalhaço até para atos de assinaturas de protocolos de intenção.

Para dar conta das longas distâncias na Bahia, Negromonte viaja em pequenos aviões que, segundo ele, são pagos com dinheiro do próprio bolso. Ele ganha R$ 26.700 brutos e, segundo declarou à Justiça Eleitoral em 2010, tem uma lista de bens avaliados em R$ 975 mil, sem referência a qualquer valor significativo em aplicações financeiras. Nas viagens em que busca apoio para seus planos políticos, Negromonte não impõe um filtro seletivo ao perfil de seus aliados. Foi num desses aviões fretados que ele aterrissou, no início do ano, em Chorrochó, município baiano de 10 mil habitantes, comandado por um amigo enrolado, o prefeito Humberto Gomes Ramos (PP). Ramos chegou a ser afastado da prefeitura por um período, acusado pelo Ministério Público de ter contratado um morto para fazer transporte escolar.

Os adversários de Negromonte acusam sua família de usar obras públicas com fins eleitoreiros, como em Glória, o município de 15 mil habitantes administrado por sua mulher, Ena Vilma. Todas as obras importantes de Glória – uma praça de esportes, a ciclovia e uma pista de Cooper – foram feitas graças a emendas parlamentares que Negromonte propôs como deputado e liberou como ministro. Essas obras estão concentradas no balneário, uma área de lazer à margem de um lago artificial.

Procurado por ÉPOCA, Negromonte disse que telefonou para a Chesf para “dar um testemunho” da importância da Festa do Bode, da qual participa há muitos anos. Afirmou também ter solicitado a análise da pretensão dos organizadores, em tramitação na empresa. Quanto ao nome nos cartazes, disse que foram colocados “sem autorização, sem solicitação e sem conhecimento prévio” do pai e do filho. Segundo Negromonte, a situação não configura promoção pessoal por ter sido uma iniciativa indevida dos responsáveis pela festa. Sobre o uso de avião para a viagem a Chorrochó, o ministro afirmou que a aeronave pertence a um empresário amigo do filho e só pagou pelo combustível.

Negromonte se tornou ministro das Cidades no início do governo da presidente Dilma Rousseff. Entrou no lugar de Márcio Fortes, também filiado ao PP, depois de uma briga interna no partido, que ainda hoje continua rachado. Márcio Fortes não queria sair e tinha a preferência de Dilma, mas Negromonte obteve o apoio da maioria da bancada do PP e atropelou o correligionário. Nos últimos meses, ele entrou na lista dos auxiliares indesejados pela presidente, aqueles que ela prefere ver longe da Esplanada. Por enquanto, a data prevista para a saída de Negromonte é a reforma ministerial, prevista para o início do próximo ano.

Fonte: www.pauloafonsonoticias.com.br

sexta-feira, 18 de novembro de 2011

GLÓRIA – Vereadores voltam a discutir desvio de recursos


Após o feriado de 15 de novembro, o legislativo voltou aos seus trabalhos na Câmara de Glória nesta quarta feira (16). Apenas um requerimento foi discutido e aprovado na sessão de autoria do Vereador Valério José (PT). A grande discursão dos edis foi a suspeita de desvio de dinheiro público da Prefeitura Municipal pela funcionária concursada Jeane Lima.

Grande parte dos edis, fizeram o uso da palavra discutindo o caso da funcionária que, segundo informações da chefia de gabinete já foi afastada e que uma comissão interna do Centro Administrativo está investigando o caso.

Para o Vereador Valério José (PT)FOTO, “as coisas estão debaixo do tapete”, sugerido a abertura de uma CPI, caso não apareça na casa nenhum esclarecimento sobre o fato.


Além deste assunto, o vereador enfatizou o abandono do esporte no município e a não participação de quatro mulheres na Conferência Estadual (representando o município), por não terem apoio do Governo Municipal em arcar com as passagens.


Marcos Alex (PDT)FOTO, parabenizou o edis José Augusto (DEM), que mesmo sendo da base do governo, apontou os erros da administração atual em dizer que os vereadores da situação estão sendo omissos e faltando com a verdade sobre os problemas no município.


O Vereador Gilmar Pereira (PP)FOTO, falou das visitas na qual ele realiza nas comunidades do município observando as necessidades do povo rural e discordou das palavras do Vereador José Augusto ao debater os erros do Governo Municipal.


No final, o Vereador Eronildes Afonso (PSD)FOTO parabenizou a prefeita Ena Vilma pela ação de investigar o caso de indícios de irregularidades na Prefeitura onde segundo o edis, o processo esta sendo concluído.
Agora é aguardar a próxima sessão e ver ate onde vai este assunto que ainda esta longe de um fim, e que os munícipes de Glória façam o seu julgamento.

Por Edson Alves (DRT: 26.507/SP)

Foto Francisco Sales/Paulo Afonso em Destaque.com

quarta-feira, 16 de novembro de 2011

Glória - Vereadores da situação e oposição criticam o Executivo

O Vereador Valério José (PT) da bancada da situação, criticou na sessão ordinária da Câmara de Vereadores de Glória, na manhã dessa quarta-feira, sobre o andamento da investigação do caso da funcionária pública que foi afastada do seu cargo na prefeitura municipal por suposto desvio de dinheiro público. Na opinião do vereador deve ser aberta uma CPI, caso não seja comunicado com urgência a câmara um esclarecimento sobre o assunto.

Valério falou da falta de apoio do Governo Municipal para que algumas mulheres da cidade de Glória participassem da Conferência Estadual da Mulher realizada na última semana em Salvador. O vereador Valério disse que a prefeitura não quis assumir a despesa das passagens e também criticou sobre o abandono do esporte naquele município.

O vereador Alex Almeida (PDT) da bancada da oposição, elogiou o vereador José Augusto da bancada da situação, por ele ter apontado erros do executivo e por ter dito que vereadores da sua bancada não estão falando a verdade sobre os vários problemas que vem acontecendo no município de Glória.

quarta-feira, 9 de novembro de 2011

Cinquenta prefeitos entram na justiça pela permanência de Comarcas do interior da Bahia

Os prefeitos de Ichu e Caldeirão Grande integraram a mesa
Os prefeitos de Ichu e Caldeirão Grande integraram a mesa

Os prefeitos vão entrar com uma ação administrativa junto ao Tribunal de Justiça da Bahia (TJ-BA) requerendo a permanência das comarcas destes municípios, que, se desativadas, atinge cerca de 700 mil pessoas.

Depois de se reunirem na UPB, os prefeitos foram até a sede do TJ-BA, onde se encontraram com a presidente do TJ-BA, a desembargadora Telma Britto. Contudo, as notícias não foram animadoras. A presidente pediu apenas que os prefeitos decidam em quais comarcas, de municípios próximos, seus municípios serão lotados para efeito de processos nestes cartórios.

Segundo a desembargadora a decisão de fechar os cartórios civis e criminais destes municípios ocorre em virtude orçamentária e foi tomada para obedecer a Lei de Responsabilidade Fiscal com pagamento de pessoal. Telma Britto informou ainda que a decisão não é definitiva, mas permanecerá enquanto houver o desiquilíbrio orçamentário.

Insatisfeitos com a informação obtida no TJ-BA, os prefeitos foram conduzidos pelo presidente Luiz Caetano até a Assembleia Legislativa, onde se reuniram com o presidente Marcelo Nilo. Caetano propôs uma reunião entre ele, Nilo e o governador Jaques Wagner para, juntos, buscarem uma solução para o problema dos prefeitos.

"Esta desativação é um retrocesso no atendimento jurídico desses municípios, sem contar no ônus financeiro e de tempo, na análise e resolução dos processos", afirma Caetano.

Reconsideração coletiva

De volta à UPB, já no período da tarde, os prefeitos decidiram pela elaboração de um pedido de reconsideração coletivo, com a assinatura de todos os prefeitos, uma modalidade de ação administrativa para o TJ-BA pela não desativação dos cartórios. Os 50 municípios penalizados são: Gentio do Ouro, América Dourada, Barro Preto, Botuporã, Gavião, Ibititá, Ichu, Iramaia, Jussara, Macururé, Malhada, Morpará, Pindaí, Quixabeira, Rio do Antonio, Santa Luzia, São Domingos, São José do Jacuípe, Serrolândia, Souto Soares, Uibaí, Várzea do Poço, Acajutiba, Baianópolis, Caldeirão Grande, Canudos, Glória, Ibiquera, Itaeté, Itagimirim, Itaquara, Jitaúna, Maraú, Marcionílio Souza, Nilo Peçanha, Rodelas, Sátiro Dias, Teodoro Sampaio, Tremedal, Boa Vista do Tupim, Capela do Alto Alegre, Ibitiara, Itagi, Itamari, Licínio de Almeida, Nordestina, Palmeiras, Pé de Serra, Planalto e Potiraguá.

segunda-feira, 7 de novembro de 2011

Prefeito renuncia ao cargo onze meses antes das eleições

Luiz Brito DRT/BA 3.913

A população do município de Santa Brígida acordou na manhã desta segunda-feira, (7), atônita com os rumores de que o prefeito Francisco Teles depois de uma noite de reuniões com vereadores, secretários e amigos na semana passada, decidiu por apresentou na última sexta-feira (4), ao Presidente da Câmara, Roberto do Vicente Carta Renúncia ao cargo. As razões não foram reveladas, porém, sabe-se que recentemente o Ministério Público havia julgado procedente uma denúncia contra José Francisco de Souza Teles, pelo pagamento de serviços não prestados, no exercício de 2009.

Na cidade, a dúvida quanto à renúncia ou não do prefeito começou logo cedo, com um multidão nas dependências do Paço Municipal buscando compreender os motivos que levaram padre a Teles a deixar o cargo. Segundo uma fonte a posse de Eugênio José de Souza, atual vice, está prevista para terça-feira, (8), na Câmara Municipal.

Fonte: www.bobcharles.com.br

sábado, 5 de novembro de 2011

Gloriense Daliane (última vitima de acidente) é transportada em UTI Aérea

Daliane Natividade Teixeira, 25 anos, moradora de Glória-BA foi a última das vítimas do acidente que envolveu o ônibus que transportava jovens da 2ª Conferência de Juventude realizada na capital baiana.


Crédito: Divulgação

RIBEIRA DO POMBAL - Na tarde desta quinta-feira, 03, foi encaminhada ao Hospital Manoel Vitorino, em salvador, através de UTI Aérea, Daliane Natividade Teixeira, 25 anos, moradora de Glória-BA. Ela foi a última das vítimas do acidente que envolveu o ônibus que transportava jovens que participaram da 2ª Conferência de Juventude realizada na capital baiana e estava internada no Hospital Santa Tereza, desde então.

O translado foi feito porque a jovem, necessitou realizar cirurgia para reconstituir parte do osso da Bacia. Ela e seu pai viajaram por volta das 17h, partindo de Cipó, após serem transportados para o município vizinho, levando consigo toda a torcida da "maravilhosa equipe do hospital que, desde o zelador até a direção, se empenhou para ver o caso resolvido na melhor maneira possível", disse o pai da menina.

Quem assumiu a responsabilidade pelo comando da operação de transferência foi o vice-prefeito do município, Dr. Jairo Monteiro, que, a pedido da Secretaria de Relações Institucionais, SERIN, acompanhou todo o processo e, inclusive esteve presente, até no último instante, até se oferecendo a ajudar a equipe de médicos a fazer a troca da ambulância para o a aeronave.

O acidente ocorreu próximo ao município de Antas, quando, segundo relatos, o motorista tentou desviar de um caminhão que viria na contramão e vitimou onze pessoas. Pombalenses também vinham nesse mesmo transporte, que deixou-os em casa e seguiu para levar os demais, quando infelizmente ocorreu a tragédia, que pelo menos não ceifou a vida de ninguém. Com informações de Jeandro da Folha Pombalense.

Fonte: www.ozildoalves.com.br

sexta-feira, 4 de novembro de 2011

Glória: homem leva três tiros de Pistola-380

Crédito: Divulgação




Valdir Conceição de Sá de 27 anos foi vitima de tentativa de homicídio na manhã desta quinta feira (03/11) no povoado Angico/Glória - BA.


Segundo pessoas ligadas a vítima, Valdir estava em uma roça no Sítio Salobro, quando sofreu três disparos de pistola calibre-380 atingindo cabeça e tórax. Valdir foi socorrido e levado para o Hospital Nair Alves de Souza em Paulo Afonso - BA em estado grave.


Segundo o proprietário da roça, o elemento estaria tentando roubar animais de sua roça e sentiu-se intimidado com a presença de Valdir.


De acordo com informações do Hospital, Valdir foi operado e está em observação e seu estado ainda requer cuidados. Com informações do portalquixaba.com.br

Mais um acidente causado por animal na BA-210 quase termina em tragédia

No momento do acidente, cinco pessoas estavam no veículo Gol. Edilma e seu finho I.G.S.S de 07 anos, que moram no BTN foram atendidos por uma ambulância do SAMU-192.


Crédito: Portal Quixaba


O feriado de finados não terminou nada bem para a senhora Edilma Leite da Silva 39 anos e seu filho I.G.S.S de 07 anos, ambos foram vítimas de uma capotamento no km 24 da BA 210, próximo ao povoado Quixaba/Glória - BA. Por volta das 18h e 30min desta quarta feira (02/11), segundo Edilma, eles tentaram desviar de um carneiro que estava na rodovia e perderam o controle do veículo vindo a capotar várias vezes.


No momento do acidente, cinco pessoas estavam no veículo Gol, mas apenas Edilma e seu filho tiveram ferimentos e foram atendidos por uma ambulância do SAMU-192 e levados para o Hospital Nair Alves de Souza em Paulo Afonso - BA. Edilma teve um corte no braço esquerdo, hematomas e trauma no couro cabeludo, já o seu filho foi atendido no PS (Pronto Socorro) infantil e sofreu hematomas na orelha esquerda e escoriações na face.


Edilma reside no BTN 02 (Bairro Tancredo Neves) em Paulo Afonso e apesar do susto, mãe e filho passam bem. Com informações do portalquixaba.com.br

Cidadão Protesta: Animais na BA-210 estão matando filhos de Paulo Afonso e de Glória

"...dezenas de vidas se perderam por causa de acidentes ao longo da pista de acesso entre Paulo Afonso à Rodelas, em especial no trecho que compreende a cidade de Glória ao Povoado Quixaba..."


Crédito: Divulgação


Prezados internautas;


O tema desta matéria pode até aparentar ser mais uma mera reclamação, mas na medida que os senhores estiverem lendo, vão despertar para um sentimento de revolta muito grande, no entanto, após uma profunda meditação sobre esse descaso, certamente poderão até concordar comigo. Caso contrário, não me condene, pois mesmo que você não concorde comigo, haverá com certeza alguns pares que me apoiarão. A vida é assim!


Vou fazer duas perguntas de respostas óbvias, mas a temática do texto e a lógica do raciocínio me obrigam a fazer.


O que vale mais? A vida de um cavalo de aproximadamente R$ 4 mil ou a vida de um trabalhador que ganha um salário mínimo para mal sobreviver?


O que vale mais? A vida de uma ovelha de pura raça, a de uma vaca leiteira de aproximadamente R$ 6 mil ou a vida de sua mãe, esposa, irmã ou filha?


São respostas inquestionáveis, portanto, nem vou comentar.


Agora será aparece a grande questão. Porque nós sabemos as respostas para estas perguntas, mas as autoridades municipais insistem em optar pelos animais irracionais que valem determinada quantia em dinheiro, desprezando assim os seres humanos?


O fato é que dezenas e dezenas de vidas se perderam e outras tantas sofreram danos irreversíveis à sua saúde por causa de acidentes com veículos, envolvendo animais soltos, ao longo da pista de acesso entre as cidades de Paulo Afonso à Rodelas, em especial no trecho que compreende a cidade de Glória ao Povoado Quixaba.


Os proprietários dos animais não são responsabilizados, pois quando acontece um acidente e o ser humano fica agonizando no chão, ninguém sabe informar de quem é o animal envolvido na tragédia e fica tudo por isso mesmo, sendo que aquela vida perdida servirá apenas para aumentar as estatísticas na Secretaria da Segurança Pública do Estado, que diga-se de passagem, é bastante omisso.


Pessoas que trafegam em seus veículos diária ou esporadicamente, ficam expostas as riscos desnecessários com tamanha quantidade de animais soltos ao longo da BA-210. Só a título de sugestão; esses fazendeiros ou donos de animais deveriam ser cadastrados e terem suas criações marcadas com identificação do dono, pois os bichos não tem identificação na hora que causam acidentes, mas quando vai alguém com uma espingarda para sacrificar, num instante aparece o proprietário armado até os dentes, defendendo seus rebanhos.


Diante de tantas denúncias que já foram feitas na internet sobre o aludido assunto, este texto poderá servir apenas como instrumento de precaução para os criadores que insistem em deixar os animais soltos vagando pela pista, inclusive á noite, o que piora mais a situação, pois não há iluminação pública no trecho citado, favorecendo ainda mais aos acidentes fatais, especialmente dos motociclistas.


O caso é que esta situação motiva as pessoas a tomarem ações isoladas e estimula a prática de sacrificar os animais que forem encontrados as margens das pistas. Tudo isso por causa da omissão do poder público. Pessoas solidárias com a situação e até parentes das vítimas já falam em abater ou capturar dos animais soltos. Os que forem capturados serão levados para as prefeituras locais, diferentemente de outras situações, onde o animal será abatido no mesmo local onde for encontrado. Isso não é uma coisa que agrade as pessoas, mas se tornou extremamente necessária. Se você acha isso um absurdo, procure então convencer do contrário, as famílias que perderam seus entes queridos, por causa da irresponsabilidade dos criadores de animais que insistem em ser chamados de "fazendeiros" e não guardam seus animais devidamente em cercados. No mínimo eles deveriam ser autuados por crime culposo e ainda indenizar as famílias das vítimas.


Uma boa medida seria o cadastramento dos "fazendeiros" com suas criações, marcando os animais, pois quando ocorresse um acidente envolvendo o referido animal, o proprietário seria devidamente penalizado. Assim também, como multas para os proprietários que omitissem os nascimentos dos filhotes e ou novas aquisições, que não fosse declarado para cadastro e marcação devida.


Termino meu texto com outra pergunta; A solução existe, só não resolve se não quiser ou vai ser preciso sair matando os bichinhos por aí?


(Atenciosamente; EDMILSON SANTOS)


Fonte:www.ozildoalves.com.br

sábado, 29 de outubro de 2011

Ex vereador de Paulo Afonso confirma mudança de domicílio eleitoral para disputar eleição para prefeito em Glória


O engenheiro agronomo Vavá Ferraz  deseja ser prefeito de Glória
O engenheiro agronomo Vavá Ferraz deseja ser prefeito de Glória

O ex vereador por Paulo Afonso, Vavá Ferraz, do PMDB, quer ser prefeito de Glória.Ele mudou o domicílio eleitoral para o município vizinho, e confirmou que é um pré candidato.Vavá trabalha em seu escritório em Paulo Afonso, mas diz que não pretende mudar para Glória por enquanto.Ele deve manter seus contatos políticos em Paulo Afonso enquanto pleiteia a prefeitura de Glória e vai se mudar somente se ganhar as eleições."Tenho um certo amor por aquela população, que sofre muito, em todos os setores", diz o vereador que é engenheiro agrônomo.

Dinivaldo Diniz de Carvalho Ferraz, que na primeira tentativa conseguiu se eleger vereador em Paulo Afonso, diz estar preparado para enfrentar uma disputa majoritária. Ferraz afirmou que tem o apoio da presidência do partido na capital, para disputar das eleições em Glória.

Fonte: www.bobcharles.com.br

quinta-feira, 27 de outubro de 2011

O Fechamento da Comarca de Glória

Na última semana a população de Glória foi pega de surpresa com o anuncio do fechamento da Comarca do município, segundo informações veiculadas na imprensa, o Tribunal de Justiça do Estado da Bahia (TJ-BA) pressionado pela queda de receita esperada com a privatização dos cartórios extrajudiciais, e enfrentando um déficit de 281 juízes, decidiu desativar 50 comarcas no interior e remover seus juízes e servidores para outras de maior demanda judicial, estando Glória entre as escolhidas. Com a decisão todos os processos referentes à Comarca de Glória serão transferidos para a Comarca de Paulo Afonso aumentando o volume de trabalho e trazendo ainda mais entraves e morosidade às pendências judiciais da população gloriense.

A sede da Comarca de Glória foi aberta no Governo do então Prefeito Tertuliano Lisboa, no ano passado, iniciou-se a construção de um prédio que iria abrigar toda a estrutura jurídica do município, no entanto a empresa contratada para essa construção abandonou a obra ainda na fase inicial dando calote em empregados e fornecedores. Após investigações descobriu-se que a referida empresa era uma empresa de fachada e que, além do calote na construção do fórum de Glória, teria feito o mesmo em outros três municípios.

O Fechamento da Comarca de Glória acarreta em vários danos ao município, um deles é o enfraquecimento ainda maior do comercio local que tinha aquecimento justamente da vinda de pessoas de outras localidades à cidade para resolver suas pendências nos cartórios, acompanhar e participar dos Júris, testemunharem casamentos, etc. Além disso, o município fica órfão da presença do Ministério Publico órgão que tem a função de zelar pela defesa da ordem jurídica, dos interesses sociais e individuais indisponíveis e do próprio regime democrático, isso sem falar no prejuízo causado aos servidores que serão prejudicados terminantemente com essa decisão.

Nas ruas da cidade, nos bares, nas repartições públicas o assunto da perda da Comarca é bastante discutido, muitos questionam por que isso teria acontecido afinal, Santa Brígida que é uma cidade de menor porte que Glória, manteve sua comarca e Glória, mesmo tendo como Prefeita a esposa de um Ministro de Estado e mãe de um Deputado Estadual, não teve o prestígio necessário para manter ativa a sua comarca. Na Câmara de Vereadores na Sessão da última Terça, 25, várias foram as manifestações de repudio ao acontecido, o Vereador Nido de Doutor falou no seu pronunciamento que todos os deputados votados no município teriam sido coniventes com o acontecido e que isso era inadmissível, Valério José sugeriu que todas as cidades que tiveram suas comarcas fechadas se unissem em torno do objetivo de tentar reverter a decisão do TJ-BA, já o Vereador Alex Almeida lamentou o fato do prestigio do Ministro Mário Negromonte e do Dep. Mário Negromonte Junior não terem sido suficientes para evitar esse prejuízo para o município de Glória e corroborou com as palavras do colega Valério José reforçando que é imprescindível nesse momento que todos os Poderes constituídos do município se unam à sociedade civil organizada no intuito de mobilizar-se e lutar para que a Comarca de Glória permaneça estabelecida no município.

sábado, 22 de outubro de 2011

Ladrões roubam um veiculo Strada no povoado Quixaba

image
Imagem Ilustrativa.

Eles seguiram em direção as agrovilas de Glória/BA

Sete bandidos furtaram hoje o veiculo Strada Branca ano 2010/2011 de propriedade do senhor Adamastor Ferreira Calado, segundo as primeiras informações, ele é morador de Paulo Afonso na Bahia e foi abordado quando seguia pela estrada do povoado Quixaba em Glória.

Após o roubo, os criminosos teriam seguido em direção as agrovilas que ficam na zona rural do município e que dão acesso ao Raso da Catarina.

A policia foi avisada e está fazendo buscas na região para tentar encontrar o veiculo e prender os bandidos.

Fonte: www.noticiasdosertao.com.br

sexta-feira, 21 de outubro de 2011

TJ desativa 50 Comarcas no interior, uma delas é Glória .


A partir da publicação do Acórdão no Diário da Justiça Eletrônico, a Presidência do Tribunal de Justiça irá manter entendimentos com juízes, servidores e representantes das comarcas desativadas para ajustar a melhor forma de cumprimento da decisão. Com a desativação os processos do município de Glória serão encaminhados para Paulo Afonso que segundo o Tribunal de Justiça é a sede de Comarca mais próxima daquele e município.

As comarcas desativadas são as seguintes: Gentio do Ouro, América Dourada, Barro Preto, Botuporã, Gavião, Ibititá, Ichu, Iramaia, Jussara, Macururé, Malhada, Morpará, Pindaí, Quixabeira, Rio do Antonio, Santa Luzia, São Domingos, São José do Jacuípe, Serrolândia, Souto Soares, Uibaí, Varzea do Poço, Acajutiba, Baianópolis, Caldeirão Grande, Canudos, Glória, Ibiquera, Itaeté, Itagimirim, Itaquara, Jitaúna, Maraú, Marcionílio Souza, Nilo Peçanha, Rodelas, Sátiro Dias, Teodoro Sampaio, Tremedal, Boa Vista do Tupim, Capela do Alto Alegre, Ibitiara, Itagi, Itamari, Licínio de Almeida, Nordestina, Palmeiras, Pé de Serra, Planalto e Potiraguá.

Os magistrados entenderam da necessidade de reduzir custos. Ainda de acordo com a decisão, as comarcas desativadas serão agregadas às comarcas de mais fácil acesso, ouvidos os representantes locais.

Fonte/Autor: Por Luiz Brito com informação da ASCOM/TJBA
URL: http://www.bobcharles.com.br/internas/read/?id=3319

quinta-feira, 20 de outubro de 2011

Vereador pede explicação sobre suposta cooperação técnica entre prefeitura de Gloria e UNEB.


De acordo com o vereador de oposição Alex Almeida (PDT), duas funcionárias da prefeitura de Glória, aparecem na relação da suposta cooperação técnica, que segundo um aluno da UNEB, deixou de existir desde 2005 com a conclusão do curso de pedagogia (UNEB 2000). Assim, as funcionárias teriam que estar prestando serviço ao município e não UNEB Campus VIII, como vem ocorrendo. Segundo a fonte há suspeita de que as funcionárias estariam tanto da PMG, sem cumprir horário, quanto da UNEB. O parlamentar aguarda explicação do diretor Dorival Pereira e da secretária de educação do município.

Fonte: www.bobcharles.com.br